(1931 – 2016) Discípulo do mestre Vitalino, seu trabalho alcançou um grande reconhecimento nacional e internacional, e em 2002, foi contemplado com o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco. Suas obras fazem parte de acervos permanentes em museus.

As obras de arte popular são desenvolvidas por artistas de forma manual. Podem conter diferenças de cor, imperfeições, ranhuras e assimetrias.